YouTube adiciona filmes gratuitos com suporte a publicidade

YouTube adiciona filmes gratuitos com suporte a publicidade

Kids

 

Em um novo esforço para brigar de frente com Netflix e Prime Vídeo, o YouTube adicionou cerca de 100 filmes em sua plataforma que podem ser assistidos gratuitamente.

De acordo com a AdAge, os títulos vão de super clássicos como “Rocky” e “O Exterminador do Futuro”, além de outros como “O Zelador Animal”, “O Agente Teen” e “Legalmente Loira”, entre outros.





YouTube está exibindo anúncios durante os filmes gratuitos, contudo, a reportagem afirma que a empresa está aberta a oferecer outros modelos de publicidade com os anunciantes, como patrocínios ou exibições exclusivas.

Para Tal Chalozin, diretor de tecnologia da Innovid, o YouTube tem uma vantagem sobre os rivais na publicidade digital por causa de sua capacidade de segmentar anúncios e todos os dados do Google.

“Ela pode oferecer um produto de publicidade semelhante à TV, apoiado apenas na segmentação e na medição on-line”, diz.

No Brasil, por enquanto, os filmes mencionados ainda apresentam custo ao consumidor.

 

Amazon produzirá série para TV de “O Senhor dos Anéis”

Amazon produzirá série para TV de “O Senhor dos Anéis”

A Amazon.com informou que comprou os direitos de televisão global de “O Senhor dos Anéis” para uma série que vai estrear em seu serviço de streaming Prime Video.

O anúncio destaca uma mudança da Amazon em busca de produzir programas com maior apelo do que no passado, para captar mais assinantes de seu serviço de venda online e transmissão de vídeo Prime.

A Amazon disse que a série explorará novas histórias que precedem “A Sociedade do Anel”, de J.R.R. Tolkien, a primeira parte da famosa trilogia de fantasia.

Fonte: Reuters

Apple faz acordo de conteúdo com Steven Spielberg e NBC Universal, diz jornal

Apple faz acordo de conteúdo com Steven Spielberg e NBC Universal, diz jornal

A Apple assinou um acordo de conteúdo com a Amblin Television, de Steven Spielberg, e com a NBC Universal, da Comcast, informou o Wall Street Journal nesta terça-feira.

O acordo envolve 10 novos episódios de “Amazing Stories”, uma série de ficção científica e horror que foi criada por Spielberg e exibida pela NBC na década de 1980, noticiou o WSJ, citando pessoas familiarizadas com o assunto.

O orçamento para a série será de mais de 5 milhões de dólares por episódio, disse o jornal norte-americano, citando um executivo envolvido com o projeto.

A Apple tem procurado criar seu próprio conteúdo de vídeo original, mergulhando mais profundamente em um campo repleto de estúdios de Hollywood e provedores de serviços de transmissão online, como Netflix e Prime Video, da Amazon.com.

Apple, Ambin e Comcast não responderam aos pedidos de comentários.