Dicas para manter seu smartphone higienizado

Dicas para manter seu smartphone higienizado

Assim como a lavagem cuidadosa das mãos e outras práticas de higiene se tornaram aspectos importantes de nosso dia a dia, manter nossos smartphones limpos também deve constituir uma parte essencial de nossas rotinas de higienização pessoal, considerando o quanto interagimos com nossos dispositivos móveis.

Então, como continuar utilizando o smartphone e manter a higienização? Confira abaixo algumas sugestões de como você pode limpar seu smartphone de maneira eficaz e segura.

Por que você precisa higienizar seu smartphone?

De acordo com um estudo da empresa de consultoria global Deloitte, os usuários americanos consultam seus smartphones cerca de 14 bilhões de vezes por dia, sendo que cada usuário pega seu smartphone 52 vezes por dia, em média. À medida que entramos na fase do trabalho remoto e da comunicação remota, esses números só devem aumentar.

“Nossos estudos nos mostram que os vírus podem sobreviver em superfícies de plástico ou metal por até 2 ou 3 dias”, destaca Dr. Doo-Ryeon Chung, diretor do Centro de Controle e Prevenção de Infecções do Samsung Medical Center. “Para usar seu smartphone com segurança, é essencial que você mantenha seu dispositivo limpo”

Práticas recomendadas para a higienização de smartphones

A primeira coisa a lembrar ao procurar manter o dispositivo Galaxy limpo é não usar produtos de limpeza gerais, sprays de ar comprimido ou produtos desinfetantes e à base de água sanitária. Embora eles possam ser úteis para manter a limpeza dos espaços comuns da casa, essas soluções podem descascar ou danificar a camada de revestimento oleofóbico sobre a tela do smartphone que a protege contra manchas de impressões digitais.

Dicas para manter o seu smartphone e smartwatch higienizados

Para continuar desfrutando da melhor experiência com o seu smartphone Galaxy após a limpeza, desligue totalmente o dispositivo e remova a capa, os cabos e outros acessórios. Depois de fazer isso, use um pano de microfibra que não solte fiapos para limpar a parte externa do dispositivo.

Se necessário, você pode usar uma pequena quantidade de água destilada, como um produto à base de ácido hipocloroso (50-80ppm) ou à base de álcool (etanol ou álcool isopropílico 70%) – mas sempre os aplique em um pano de microfibra, não diretamente no seu smartphone, e evite qualquer tipo de líquido nas aberturas do dispositivo. Umedeça seu pano e limpe com cuidado a parte frontal e traseira.

image3 - Dicas para manter seu smartphone higienizado

Você pode usar os mesmos métodos acima para limpar o mostrador do relógio do seu Galaxy Watch depois de remover a pulseira. Embora esses métodos de desinfecção devam ser evitados em superfícies de couro ou borracha, eles são adequados para superfícies de vidro, cerâmica e metal, como a tela do seu smartphone Galaxy e o mostrador do relógio Galaxy Watch.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Snapchat: Como deletar sua conta sem perder seus dados

Snapchat: Como deletar sua conta sem perder seus dados


Levando em consideração a importância dos arquivos para os usuários, a Kaspersky mostra quatro maneiras de salvar fotos e vídeos para aqueles que pretendem excluir o app.

Recentemente, os desenvolvedores do Snapchat foram acusados de violar a privacidade de seus usuários. De acordo com o que foi divulgado, os funcionários do aplicativo usavam o SnapLion, uma ferramenta para acessar dados pessoais e espionar snaps. 

A grande questão é que, diante dessa situação ou até mesmo por outros motivos, alguns Snapchaters optaram por deletar o aplicativo, mas provavelmente se perguntaram como poderiam fazer isso sem perderem suas fotos e vídeos compartilhados com seus amigos, além de outras informações relacionadas à sua atividade na rede social. Levando em consideração a importância dos arquivos para os usuários, a Kaspersky mostra o passo a passo de como salvar fotos e vídeos para aqueles que pretendem excluir o app. 

1. Configurar o backup dos seus Snaps e Stories: A configuração do Snapchat não permite que o app salve fotos ou vídeos. Qualquer snap enviado aos seus amigos desaparecerá assim que eles o virem, já um Story publicado, desaparece em 24 horas. Mas existe uma maneira de salvar as publicações disponíveis. Para fazer isso, o usuário deve configurar a parte de Memórias, uma função que permite salvar os snaps no dispositivo ou na nuvem, seguindo estas etapas:

•    Abra o seu perfil e pressione o ícone de configuração no canto direito superior da tela;
•    Clique em Funções (Android) ou Minha Conta e selecione Memórias;
•    Clique em Onde Salvar;
•    Para a opção Salvar, configure a pasta onde seus snaps serão salvos. Para salvar cópias de seus vídeos e fotos no dispositivo, selecione Memórias e Dispositivo ou Somente no Dispositivo se não quiser que seus dados sejam salvos na nuvem;
•    Para posts na minha história, selecione Memórias. Essa configuração fará com que o usuário não precise salvar as publicações manualmente;
•    Quanto às conversas pessoais, o usuário deve clicar em Salvar sempre que um snap for enviado.

2. Baixe as fotos e vídeos das Memórias: Se o usuário quiser sair do Snapchat, mas seus snaps estiverem salvos em Memórias, é preciso baixar as fotos direto no dispositivo:

No caso do iOS, é possível baixar tudo de uma vez.

•    Vá em Memórias;
•    Pressione a caixa no canto superior direito;
•    Selecione os snaps que deseja baixar;
•    Pressione o ícone de seta na parte inferior da tela;
•    Selecione Salvar.

Já para os usuários de Android, é preciso baixar os snaps um por um.

•    Entre em Memórias;
•    Clique na foto para baixá-la;
•    Selecione Exportar snap;
•    Clique em Rolo da Câmera.

3. Entre em contato com o serviço de suporte: Os usuários também podem entrar em contato com o serviço de suporte do Snapchat se quiserem solicitar todas as informações disponíveis na sua conta, como o histórico das músicas identificadas com o Shazam, os avatares Bitmoji, as fotos e vídeos salvos nas Memórias (se houver), entre outros. A equipe de suporte enviará o que for solicitado.

4. Obtenha um arquivo com os dados coletados pela rede social: Se o usuário deseja revisar o histórico de atividades no Snapchat, uma lista de conversas, logins e outros, é possível solicitar essas informações a partir da rede social. Tudo isso virá em um único arquivo ZIP, que pode ser mantido como uma memória. Mas, o usuário deve ter primeiro uma conta de e-mail associada. Com isso, é possível obter:

•    Histórico de suas autorizações, compras, locais, pesquisas e muito mais;
•    Um arquivo com suas conversas;
•    Seus dados de perfil, amigos e informações de assinatura;
•    Seus avatares Bitmoji.

Resolvido o problema de backup, o usuário pode continuar com a exclusão da conta. Como a maioria das redes sociais, o Snapchat primeiro sugere que seja desativado o perfil, para caso o usuário mude de ideia. Mas o que os usuários não sabem, é que não se pode excluir a conta pelo aplicativo; isso deve ser feito no site“, explica Dmitry Bestuzhev, diretor da Equipe Global de Pesquisa e Análise da Kaspersky na América Latina.

Neste caso, o usuário deve:

•    Acessar https://accounts.snapchat.com e inserir os dados de login (nome de usuário e senha);
•    Clicar em Excluir Minha Conta;
•    Digitar o nome de usuário e senha novamente;
•    Clicar em Continuar.

Desta forma, o aplicativo será removido do dispositivo móvel. E caso também queira deletar outras redes, a Kaspersky ensina como excluir o perfil do TwitterFacebook ou  Instagram.

Fonte: Assessoria de imprensa

Como ativar legendas em tempo real no Google Slides?

Como ativar legendas em tempo real no Google Slides?

O Google Slides possui legendas automáticas que usa o microfone do computador para detectar a voz do apresentador e, assim, transcrever legendas em tempo real.

A função, também conhecida como Closed Caption, permite que as apresentações sejam mais acessíveis para pessoas com deficiência auditiva ou surdez, ou aquelas que possuem uma melhor compreensão ao ler do que ouvir.

Para ativar o novo recurso, basta que o apresentador clique no ícone CC na barra de navegação do Google Slides.

A função está disponível em todo o mundo, mas, por enquanto, somente em inglês. O Google promete que outros idiomas serão adicionados no futuro.

Fonte: Google Discovery

Melhores Drones para iniciantes

Melhores Drones para iniciantes


Confira a lista dos melhores drones DJI com recursos facilitadores de pilotagem, preços acessíveis e qualidade profissional


Pilotar um drone não é uma tarefa difícil já que os comandos para a ação de decolagem e aterrisagem são intuitivos e autoexplicativos. Porém, é muito comum a insegurança dos pilotos em seu primeiro e, muitas vezes, o alto investimentos nos equipamentos pode trazer mais receio aos iniciantes. A DJI, líder mundial em fabricação de veículos aéreos não tripulados, possui drones de última geração que são indicados para pilotos novatos.  Pensando nisso, elencamos abaixo os melhores drones para novos praticantes, e, até para os que já estão mais avançados e desejam levar suas habilidades para um outro nível. Confira!


  • Tello

O Tello é o melhor drone para iniciantes. Apesar de ser um mini-drone, o modelo conta com tecnologia avançada que o torna super fácil de usar. Com uma câmera de 5 MP que adiciona uma nova dimensão às suas selfies, o drone tem design ultraleve e pesa apenas 80 gramas – característica facilita a pilotagem, fazendo com que ele seja um dos melhores drones para iniciantes. Além disso, os recursos de segurança, como os protetores de hélice e um design durável, o tornam perfeito para ser o primeiro drone de novos pilotos.

O Tello conta ainda com programação STEM, permitindo que o usuário programe rotinas de voo usando o Scratch (uma linguagem de computador desenvolvida pelo MIT), bem como realizar manobras aéreas impressionantes, incluindo curvas em até oito direções. O pequeno drone é perfeito para iniciantes que querem aprender o básico do voo, ou para pilotos mais experientes que procuram diversão em um mesmo pacote. 

Para quem o Tello é indicado? O drone é indicado para iniciantes; crianças e adolescentes e pilotos de primeira viagem.


  • DJI Spark

Nenhuma lista de drones iniciantes estaria completa sem o Spark. Divertido, fácil e acessível, é o drone iniciante perfeito para grupos de amigos e recreações internas. Apesar de seu tamanho, é um sucesso com as tecnologias exclusivas da DJI, uma câmera de alta qualidade e um suporte de gimbal estável. Sabe qual é a melhor parte? O controle de gestos! O usuário só entenderá de fato o quão fácil e empolgante é pilotar o Spark quando tiver um em suas próprias mãos. 

Leva cerca de 10 segundos para tirar Spark do bolso e executar um lançamento direto da palma da mão. Não precisa parear com controle remoto ou aplicativo. Simplesmente, o piloto pode estender a mão e ele entrará no modo de controle por gestos. Com o gesto que sinaliza um quadrado com os dedos, o Spark tira foto do controlador e de quem estiver por perto. Depois, apenas levantando os braços o drone volta para o piloto. Além disso, o Spark possui uma câmera de 12 MP com um gimbal de 2 eixos para fotos aéreas incríveis. Mesmo sendo um drone iniciante, a câmera da Spark oferece qualidade de imagem da qual drones maiores e mais caros teriam inveja.

Além do Modo de Gestos, o Spark também apresenta modos de voo inteligentes, como QuickShot, ActiveTrack e TapFly. Um sensor de visão na parte de baixo da aeronave permite que o Spark mantenha sua posição quando está dentro de um local fechado. Se você sonha com um drone para tirar selfies com amigos, não há alternativa melhor que o Spark.

Para quem o Spark é indicado? O drone é indicado para iniciantes, vloggerse viajantes


  • Mavic Air

Comparado ao Mavic Pro e o Spark, o Mavic Air é um excelente drone para iniciantes e o equilíbrio perfeito entre potência e portabilidade. Construído aventuras, o modelo tem metade do tamanho do Mavic Pro e apresenta quase todas as grandes funcionalidades. 

Além disso, uma das primeiras coisas com que todos os pilotos iniciantes de drones se preocupam é com a segurança de voo. Ninguém quer ser a pessoa que perde o drone em um voo inaugural. Felizmente, o Mavic Air tem uma série de medidas práticas de segurança. Entre elas, sensores de visão estéreo, em cima e na parte de baixo, que percebem o ambiente enquanto voa. Estes formam a base dos Sistemas Avançados de Assistência ao Piloto (APAS), que indicam onde é seguro pousar e até desviar de objetos automaticamente.

O Mavic Air também é projetado para ser ultra portátil. Dobrado, chega ao tamanho de um smartphone e é ideal para aqueles que viajam com o drone na mochila. Para aqueles que procuram capturar a vida em movimento, o drone possui recursos inteligentes e intuitivos, como ActiveTrack, QuickShots e SmartCapture, que tornam a captura de imagens complexas e em movimento super fácil. O ActiveTrack identifica um objeto e pode acompanhá-lo sem a necessidade de qualquer equipamento extra. Isto é ótimo para capturar vistas deslumbrantes.

Além disso, o Mavic Air possui uma excelente câmera aérea. O drone é equipado com uma câmera de 12MP, 4K que pode tirar fotos JPG e DNG RAW. Um gimbal mecânico de 3 eixos otimiza ainda mais filmagens aéreas. O Mavic Air não é apenas um drone maravilhoso para pilotar. É também de armazenamento interno permite que você salve fotos e vídeos diretamente na aeronave. 

Para quem o Mavic Air é indicado? O drone é indicado para pessoas que priorizam a segurança de voo, viajantes, entusiastas do ar livre e fotógrafos que procuram boa qualidade de imagem. 

A DJI possui loja autorizada no Barra Shopping (Rio de Janeiro). A marca vende seus produtos já homologados pela Anatel e trabalha com diversos revendedores no país como Kalunga, Magazine Luiza, Ponto Frio e Fast Shop. A compra por meio de canais autorizados no Brasil conta com assistência técnica e atendimento ao cliente por e-mail [email protected] e pelo telefone 0800 880 9983. Para estar por dentro de todas novidades da DJI, acesse: https://www.dji.com/br/newsroom/news.

Fonte: Assessoria de imprensa


E agora, apresentando… Game of… Threats!

E agora, apresentando… Game of… Threats!

Com a estreia da última temporada no domingo (14), Game of Thrones chamou a atenção não apenas dos fãs, mas também dos cibercriminosos. A série, que ganhou vários prêmios Emmy e está entre os maiores sucessos da HBO, foi responsável por 17% de todo o conteúdo malicioso pirateado em 2018, com 20.934 pessoas atacadas, de acordo com dados levantados pela Kaspersky Lab. Isso ocorreu mesmo considerando que, ano passado, não foi lançado nenhum episódio novo de Game of Thrones, enquanto as outras séries do ranking, como The Walking Dead (2º lugar) e Arrow (3º lugar), tiveram campanhas promocionais agressivas.

 

Threats

 

Ao observar a facilidade com que as séries de TV baixadas de fontes ilegítimas podem ser substituídas por versões com malware, os pesquisadores da Kaspersky Lab examinaram esses arquivos maliciosos no período entre 2017 e 2018. Em todos os casos observados, os criminosos usam os primeiros e os últimos episódios de cada temporada como meio de disseminação do malware. No caso de Game of Thrones, o episódio de estreia da primeira temporada, chamado ‘O inverno está chegando’, foi o mais usado para espalhar os ataques.

Com a última temporada de Game of Thrones anunciada para começar no domingo 14, as operadoras de televisão estarão com o sinal aberto, beneficiando não apenas os fãs, mas também mitigando os riscos de uma infeção de malware. Porém, quem perder o episódio e não for assinante do canal pago, provavelmente recorrerá ao torrent, resultando em um possível pico de malware disfarçado para este e os próximos episódios da série”, afirma Thiago Marques, analista de segurança da Kaspersky Lab.A melhor forma de evitar ser vítima dessa ciberameaça é acessar o conteúdo pela sua plataforma oficial, pois os cibercriminosos estão esperando que os fãs mais fiéis e impacientes façam o download acreditando que é apenas o episódio da série, quando na verdade, trata-se de malware disfarçado”, finaliza.

Para evitar ser vítima de programas maliciosos disfarçados de séries de TV, a Kaspersky Lab recomenda algumas medidas:

  • Só use serviços legítimos de reputação comprovada para produzir e distribuir conteúdo televisivo;
  • Preste atenção à extensão do arquivo baixado. Mesmo os episódios de séries de TV de uma fonte que você considera confiável e legítima, devem ter a extensão .avi, .mkv ou mp4, mas com certeza não pode ser um .exe (arquivo executável);
  • Preste mais atenção à autenticidade dos sites. Só acesse sites que permitam assistir séries de TV quando tiver certeza de que são legítimos e seu endereço começa com ‘https’. Antes de iniciar o download, verifique se o site é genuíno, conferindo o formato do URL e a ortografia do nome da empresa;
  • Não clique em links suspeitos, como aqueles que prometem a visualização antecipada de um novo episódio. Verifique e acompanhe a programação da série.
  • Use soluções de segurança confiáveis, como o Kaspersky Security Cloud, para ter uma proteção abrangente contra diversas ameaças.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa