Comparação entre Apple Watch 4 e 5 series

Comparação entre Apple Watch 4 e 5 series

Você já dever ter percebido que a Apple vem trazendo novos modelos do seu relógio a cada ano.

Applewatch4 - Comparação entre Apple Watch 4 e 5 series

As novidades na camada de software e hardware são intensas e evidentes. Conseguir pagar algo sem a necessidades de abrir a carteira para pegar o cartão e ainda ser feito com agilidade, quem não quer? E a beleza dos temas que podem ser baixados, já viu que legal?

No segundo semestre de 2019, como em todos os anos, foi lançado um novo modelo. Dessa vez foi a versão 5.

Comparação entre o Apple Watch 3 e 4:

Clique aqui para ver

Applewatch3 - Comparação entre Apple Watch 4 e 5 series

Comparação entre Apple Watch 1, 2 e 3:

Clique aqui para ver

Como já fizemos aqui anteriormente, vamos comparar agora o que esse último modelo tem que o anterior – série 4 – não tem:

ItemApple Watch Series 5Apple Watch Series 4
Alumínio  Prateado
Cinza-espacial
Dourado
Prateado
Cinza-espacial
Dourado
Aço inoxidávelPrateado
Preto- espacial (DLC)
Dourado (PVD)
Prateado
Preto- espacial (DLC)
Dourado (PVD)
Titânio  Titânio
Preto- espacial
Cerâmica Branco
GPSSimSim
GLONASSSimSim
Galileo SimSim
QZSSSimSim
Altímetro barométricoSimSim
BússolaSimNão
Resistente à água50 metros50 metros
Sensor cardíaco elétricoSimSim
Sensor cardíaco ópticoSimSim
SOS de emergÊnciaSimNão
GiroscópioSimSim
Sensor de luz ambienteSimSim
Alto-falanteSimNão
MicrofoneSimSim
Tela de 44mm368 x 448 pixels
Área de visualização de 977 mm²
Tela mais de 30% maior que a do Series 3
368 x 448 pixels
Área de visualização de 977 mm²
Tela de 40mm324 x 394 pixels
Área de visualização de 759 mm²
Tela mais de 30% maior que a do Series 3
324 x 394 pixels
Área de visualização de 759 mm²
Tela Retina Sempre Ativa OLED LTPO com Force Touch1000 nits de brilho1000 nits de brilho
ChipS5 com processador de dois núcleos de 64 bits
W3
S4 com processador de dois núcleos de 64 bits
W3
ConectividadeLTE e UMTS3
Wi-Fi
Bluetooth 5.0
LTE e UMTS2
Wi-Fi
Bluetooth 5.0
Energia e bateriaBateria interna recarregável de íon de lítio
Carregador magnético
Carregador USB
Bateria interna recarregável de íon de lítio
Carregador magnético
Carregador USB
Dimensões – 40 mm40 mm
Altura: 40 mm
Largura: 34 mm
Espessura: 10,74 mm
Aço inoxidável – 40 mm
Altura: 40 mm
Largura: 34 mm
Espessura: 10,7 mm
Peso da caixa: 39,8 g

Alumínio – 40 mm
Altura: 40 mm
Largura: 34 mm
Espessura: 10,7 mm
Peso da caixa: 30,1 g
Dimensões – 44 mm44 mm
Altura: 44 mm
Largura: 38 mm
Espessura: 10,74 mm
Aço inoxidável – 44 mm
Altura: 44 mm
Largura: 38 mm
Espessura: 10,7 mm
Peso da caixa: 47,9 g

Alumínio – 44 mm
Altura: 44 mm
Largura: 38 mm
Espessura: 10,7 mm
Peso da caixa: 36,7 g

O Apple Watch Series 5 e o Apple Watch Series 3 têm classificação de 50 metros de resistência à água segundo a norma ISO 22810:2010. Isso significa que podem ser usados para atividades aquáticas em pouca profundidade, como nadar em uma piscina ou no mar. No entanto, não devem ser usados para mergulho, esqui aquático ou outras atividades que envolvam velocidade na água ou submersão mais profunda.

Applewatch2 1024x464 - Comparação entre Apple Watch 4 e 5 series

O serviço de rede celular requer um plano de dados sem fio. A operadora do Apple Watch e do iPhone deve ser a mesma. O serviço não está disponível com todas as operadoras. Nem todas as operadoras oferecem planos empresariais ou pré-pagos. Consulte sua empresa e sua operadora. Alguns planos antigos podem não ser compatíveis. Roaming não disponível. Entre em contato com sua operadora para obter mais informações. Consulte as operadoras compatíveis e os requisitos clicando aqui.

Os testes de bateria para o dia todo do Apple Watch foram conduzidos pela Apple em agosto de 2019 usando unidades de pré-produção do Apple Watch Series 5 (GPS) e do Apple Watch Series 5 (GPS + Cellular), cada uma delas emparelhada com um iPhone. Todos os aparelhos foram testados com software em versão preliminar. A duração da bateria varia de acordo com o uso, a cobertura da rede celular, a configuração e muitos outros fatores. Os resultados reais podem variar. Consulte o site da Apple – Baterias para obter mais informações.

O Apple Watch Series 5 e o Apple Watch Series 3 requerem iPhone 6s ou posterior com iOS 13 ou posterior.

Os recursos estão sujeitos a mudanças. Alguns recursos, apps e serviços podem não estar disponíveis em todas as regiões ou idiomas.

No site da Apple, o da versão 5 tem um custo aproximado de R$ 4.000,00.

7 Dicas para Puxar Assunto em Apps de Relacionamento

7 Dicas para Puxar Assunto em Apps de Relacionamento

Dicas Infalíveis para Puxar Assunto com o Crush em App de Relacionamento

Este artigo foi criado pela equipe BMatch para uso exclusivo do blog Tecnologia Facil SA

A conversa é uma parte muito importante na hora da conquista. O momento é perfeito para descontrair e conhecer um pouco mais sobre a vida do crush. Mas, nem todo mundo sabe como puxar assunto nos aplicativos de relacionamento.

Seja por timidez, falta de criatividade ou insegurança, muitas pessoas não conseguem dar o primeiro passo nesse quesito e o silêncio constrangedor pode colocar tudo a perder.

Pensando nisso, separamos 7 dicas indispensáveis para você puxar assunto em um app de relacionamento. Confira!

SmartSelect 20191106 203352 Docs 1024x682 - 7 Dicas para Puxar Assunto em Apps de Relacionamento

1. Comente sobre as Fotos do Crush

Uma boa sacada para iniciar a conversa com o date é comentar sobre algumas fotos da pessoa. Com essa atitude você demonstra seu interesse e abre espaço para o bate-papo.

Preste atenção aos detalhes da foto e faça perguntas sobre o momento registrado, provavelmente o crush terá uma boa história para contar.

2. Descubra o Gosto Musical do Crush

O primeiro passo é descobrir qual o estilo musical preferido da pessoa, e então vocês conseguem conversar mais abertamente sobre o tema. Caso o gênero musical de vocês seja diferente, é interessante pensar em algumas bandas específicas para recomendar.

Se quiser dar um passo à frente na relação, o momento é ótimo para sugerir um encontro, assim vocês conseguem curtir algum show juntos, por exemplo.

Outro ponto interessante é compartilhar uma playlist com o crush. Vocês podem, inclusive, criar uma playlist compartilhada e ir descobrindo, aos poucos, o gosto musical um do outro.

3. Aposte em Perguntas Inusitadas

SmartSelect 20191106 203408 Docs 1024x687 - 7 Dicas para Puxar Assunto em Apps de Relacionamento

Essa é a maneira perfeita para começar um assunto e, de quebra, descolar boas risadas. Pense em algumas perguntas divertidas e que fujam do óbvio, transformando o bate-papo em uma conversa engraçada e descontraída.

O bom humor é uma característica muito importante para quem está a procura de um date. E o app de relacionamento BMatch conta com uma ferramenta exclusiva para facilitar a conversa entre os usuários: o Quebra-Gelo.

A função é um diferencial da marca e traz diversas opções para você iniciar um bate-papo com o crush. São dicas para puxar assunto, perguntas inusitadas, jogos, desafios e muito mais.

4. Demonstre Interesse pela Rotina do Crush

Saber que tem alguém sinceramente interessado no nosso dia a dia nos traz uma sensação de felicidade e pertencimento.

Tente iniciar a conversa com algumas perguntas básicas e, com o passar do tempo, os temas devem se aprofundar. Além de descobrir mais informações sobre a vida do crush, você pode dar dicas sobre um assunto específico.

Por exemplo, se o date pretende almoçar em alguma região da cidade que você já conhece, aproveite para sugerir um restaurante específico. Essa é uma ótima maneira de vocês trocarem informações e se conhecerem melhor.

5. Emojis e Gifs

SmartSelect 20191106 203423 Docs 1024x714 - 7 Dicas para Puxar Assunto em Apps de Relacionamento

Já dizia o filósofo chinês Confúcio: uma imagem vale mais do que mil palavras. Imagina, então, o poder de um gif?

Os emojis e gifs conquistaram um importante espaço no nosso dia a dia. Eles são capazes de traduzir sentimentos, momentos e histórias. O recurso tem sido considerado uma nova forma de comunicação universal, já que as pessoas conseguem se expressar e conversar através desses ícones.

Então, escolha alguns gifs e emojis de sua preferência e puxe assunto com o crush. Você demonstra seu interesse e se mantém atualizado nos memes que estão bombando na internet.

6. Interesses em Comum

Com algumas informações básicas é possível descobrir quais interesses vocês têm em comum. Músicas, filmes, comida, animais de estimação e outras centenas de itens podem se tornar tema das suas próximas conversas.

Portanto, tente conhecer ao máximo as preferências do date e comece puxando assunto com os tópicos que você se sente mais à vontade.

O app de relacionamento BMatch possui um modo perfeito para facilitar o encontro do crush ideal: o Blind Match. A opção funciona de maneira inteligente, fazendo o cruzamento de dados das suas informações com os perfis dos usuários disponíveis.

A pessoa interessada responde a um questionário e o sistema do aplicativo realiza uma busca pelos candidatos mais compatíveis. Assim, fica mais fácil puxar assunto com o date, já que existem vários interesses em comum.

7. Sinceridade Sempre

Quando o assunto é aplicativo de relacionamento, a sinceridade não pode ser deixada de lado. Mesmo que seja difícil puxar assunto com o crush, nunca invente situações e histórias que fujam da realidade.

Além disso, é muito importante que o usuário mantenha sempre suas informações e fotos atualizadas.

Puxar assunto com o date não precisa ser uma prova de fogo. Com sinceridade, calma e criatividade é possível começar uma conversa capaz de transformar toda a sua vida.

Gostou das dicas que separamos para você puxar assunto com o crush? Deixe um comentário!

Siga o BMatch nas redes sociais: 

Imagens: Pexels (rawpixel.com), Unsplash (freestocks.org), Pexels (pixabay)

ESET alerta: recurso “apagar para todos” do WhatsApp não elimina arquivos enviados a usuários do iPhone

ESET alerta: recurso “apagar para todos” do WhatsApp não elimina arquivos enviados a usuários do iPhone

A opção oferecida pelo WhatsApp que permite excluir mensagens enviadas para que o destinatário não possa vê-las não funciona como muitos esperam. De acordo com a ESET, empresa líder em detecção proativa de ameaças, aparentemente, os arquivos multimídia (fotografias, vídeos, etc.) que são enviados para os usuários do iPhone que têm as predefinições do aplicativo não são eliminados do dispositivo quando o remetente decide excluí-los para que o destinatário não os veja, o que cria uma falsa sensação de privacidade.

Embora a pessoa que envia a mensagem queira exclui-la e o aplicativo exiba a frase “esta mensagem foi apagada”, o arquivo ainda permanecerá disponível no dispositivo iOS para o qual foi enviado.

Esta desvantagem não está presente em dispositivos Android, em que a função de voltar atrás e excluir um arquivo que foi enviado funciona corretamente e o conteúdo é removido do dispositivo do remetente ou remetentes – caso seja enviado para um grupo.

A descoberta deste problema de privacidade foi trabalho do consultor de segurança Shitesh Sachan, que explicou que o recurso do WhatsApp para iOS não foi projetado para remover mensagens multimídia recebidas que foram salvas no Camera Roll dos dispositivos iPhone, enquanto em dispositivos Android os arquivos enviados são excluídos da galeria na qual estavam salvos por padrão.

Na sua configuração predefinida, o aplicativo de mensagens guarda automaticamente todas as imagens e vídeos recebidos por meio do WhatsApp no Camera Roll dos dispositivos iPhone e na galeria de imagens do Android – uma opção que pode ser desativada na configuração do app de mensagens instantâneas.

Depois de receber o relatório de Sachan sobre este problema, a empresa garantiu que não fará alterações para tentar resolvê-lo, alegando que o recurso “apagar para todos” foi projetado para excluir mensagens do WhatsApp e não oferece garantias de que um arquivo será permanentemente excluído, embora tenha destacado que no futuro poderia fazer alterações neste recurso e na forma como é implementado, destacou o portal.

Para saber mais, clique aqui e acesse o conteúdo sobre segurança do site
https://www.welivesecurity.com.

Fonte: Assessoria de imprensa

Google Maps agora estima tráfego em tempo real e previsões de lotação para ônibus, trens e metrô

Google Maps agora estima tráfego em tempo real e previsões de lotação para ônibus, trens e metrô

O Google Maps anunciou a disponibilidade de dois novos recursos para ajudar os usuários a planejar melhor a viagem de transporte público.

Inicialmente, os usuários começarão a ver esses recursos em quase 200 cidades em todo o mundo, tanto no Android quanto no iOS. Confira:

Tráfego em tempo real para ônibus

A nova funcionalidade exibe em tempo real o tráfego de ônibus em locais onde não há informações ao vivo diretamente das agências de transporte locais.

Agora, o usuário pode ver se o ônibus chegará atrasado, quanto tempo de atraso e conferir o tempo de viagem de forma mais precisa com base nas condições de tráfego em seu trajeto.

Ainda será possível ver exatamente onde estão os congestionamentos no mapa, assim é possível planejar a viagem antes mesmo de entrar no ônibus. Em breve, o recurso deve começar a ser visto em cidades como Brasília, Recife e Salvador.

Previsões de aglomeração

O recurso disponibiliza previsões de lotação para ônibus, trem ou metrô,  baseado em histórico de viagens passadas.

Assim, é possível tomar uma decisão de esperar ou não mais alguns minutos por um veículo em que se tenha mais chances de conseguir um lugar. Em breve, a funcionalidade deve começa a aparecer para o usuário em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

Tendências de lotação de trânsito de todo o mundo, de acordo com o Google Maps

As previsões de lotação vêm do feedback opcional diretamente das pessoas que usam o Google Maps.

Para saber mais sobre como os níveis de superlotação variam ao redor do mundo, o Google analisou relatórios agregados e anônimos de lotação de usuários do Google Maps de outubro de 2018 a junho de 2019 durante o horário de pico (das 6h às 10h) e identificou quais linhas têm o maior número de aglomerações.

Fonte: Google Discovery

Recursos do Google para acompanhar a Copa do Mundo Feminina da FIFA

Recursos do Google para acompanhar a Copa do Mundo Feminina da FIFA

Durante o Google for Brasil, o diretor de Engenharia do Google Brasil, Berthier-Ribeiro Neto relembrou durante o evento os recursos e ferramentas que foram desenvolvidas a partir do Escritório de Engenharia do Google na América Latina, localizado em Belo Horizonte.

Esta é a primeira vez que o Google disponibiliza uma experiência dedicada à Copa do Mundo Feminina da FIFA, permitindo acompanhar em tempo real as partidas, além de conferir uma timeline com fotos, comentários, escalações, minuto a minuto de cada jogo, notícias, entre outros.

Classificação ao vivo na Busca

A funcionalidade mostra, em tempo real, a tabela de classificação no campeonato, de acordo com os placares dos jogos que estão acontecendo naquele momento. Além disso, os usuários podem acompanhar os resultados das últimas cinco partidas de cada equipe.

Assine os jogos do seu time

Você também pode se inscrever para receber notificações e atualizações sobre seu time favorito pesquisando na Busca do Google e tocando em “Seguir”.

Três placares ao mesmo tempo na tela do celular

Recém-lançada, a ferramenta possibilita acompanhar até três placares em tempo real diretamente na tela do celular Android. Para isso, é preciso pesquisar a partida, clicar e arrastar para fixar o placar em qualquer lugar da tela.

Assista os melhores momentos direto da Busca

Confira destaques em vídeos quase em tempo real (gols, melhores momentos, etc.) e link para o site da emissora que exibirá os jogos. A ação estará disponível no Brasil, com vídeos transmitidos pela TV Globo.

Entrevistas em vídeo

Você pode acompanhar Formiga e outras jogadoras do Brasil por meio do Cameos, ferramenta que permite ver vídeos na Busca. Para o evento que começa amanhã, jogadoras gravaram pequenas entrevistas respondendo às perguntas mais feitas pelos usuários da Busca. Esse recurso está disponível em todo o mundo para desktop, mobile e no aplicativo do Google para Android e iOS.

Fonte: Google Discovery

Vulnerabilidade do WhatsApp – atualize agora seu aplicativo

Vulnerabilidade do WhatsApp – atualize agora seu aplicativo

Hoje, 14/05, foi disponibilizada uma atualização para iOS e Android.

O mensageiro mais popular da atualidade divulgou uma falha de segurança que faz com que dados das vítimas sejam acessados, ou seja, senhas, fotos, e-mails, entre outras informações. O spyware pode ser instalado no aparelho apenas por uma chamada telefônica.

Portanto, para ter a sua segurança aumentada, siga o procedimento abaixo e atualize seu smartphone ainda hoje:

No Android:

1) Abra o app Google Play Store;

2) Acesse o menu na parte superior esquerda da tela;

3) Entre em “Meus aplicativos e jogos”;

4) Se o WhatsApp tiver sido atualizado recentemente, o app vai aparecer em uma lista de aplicativos com um botão “Abrir”;

5) Já se o WhatsApp não estiver atualizado, o botão vai dizer “Atualizar”. Aperte para instalar a nova versão;

6) A última versão do WhatsApp para Android é 2.19.134.

No iOS:

1) Abra a App Store;

2) Na parte inferior da tela, aperte “Atualizações”;

3) Se o WhatsApp tiver sido atualizado recentemente, o app vai aparecer em uma lista de aplicativos com um botão “Abrir”;

4) Já se o WhatsApp não estiver atualizado, o botão vai dizer “Atualizar”. Aperte para instalar a nova versão;

5) A última versão do WhatsApp para iOS é 2.19.51.

(Procedimento retirado de bbb.com)

Fique atento às nossas dicas de seguranças. Mantenha sempre atualizado o antivírus do seu dispositivo.